Novo ônibus Marcopolo Torino S é focado na eficiência operacional e na facilidade de manutenção

A Marcopolo lança, em maio, uma nova versão do seu modelo urbano de maior sucesso, o Torino S. O produto foi desenvolvido ao longo de dois anos para garantir eficiência operacional, com manutenção simplificada, mais rápida, gerando menos custos, e os mesmos atributos de robustez e confiabilidade comuns a todas as outras versões do Torino, além de oferecer qualidade, conforto, segurança e maior espaço para os passageiros e motorista.

marcopolo_torinos_ambientado

Segundo Paulo Corso, diretor de operações comerciais e marketing da Marcopolo, com a nova versão a empresa pretende colaborar para estimular e acelerar a renovação de frota no segmento urbano. “Desenvolvemos o Torino S, que representa Soluzione (solução, em italiano), produto que mantém todos os atributos da família Torino e que proporciona ao operador praticidade e facilidade de manutenção, redução no custo e no tempo de reparação e ergonomia e conforto para o condutor”, destaca.

O novo Torino S será produzido na fábrica da Marcopolo Rio, em Xerém. A expectativa da fabricante é comercializar mais de 1.000 unidades ao longo de 2017 e que a versão tenha uma expressiva participação do volume total de veículos dos modelos urbanos.

S de ´Soluzione´ e focado na operação

As áreas de marketing e engenharia da Marcopolo foram a campo, desde 2015, para levantar os principais pontos que poderiam ser otimizados, e tornar o Torino ainda mais eficiente e competitivo.  Em um momento tão agudo de crise econômica como o que o Brasil enfrenta, a nova versão pode estimular e colaborar para que o operador renove a sua frota e possa tornar sua operação ainda mais eficiente, mantendo os veículos em utilização por maior tempo, em razão de ter manutenção mais fácil, rápida e com custo reduzido.

“O foco do Torino S é a operação”, ressalta Paulo Corso. “Ampliamos os atributos de conforto, segurança, acessibilidade para passageiros, motorista e cobrador, e, ao mesmo tempo, adotamos conceitos práticos e eficazes para quem precisa manter o veículo sempre em operação”.

De acordo com Luciano Ricardo Resner, diretor de engenharia da Marcopolo, a nova versão foi desenvolvida com base no que os clientes desejam, com as principais informações transmitidas para a rede de representantes em todo o Brasil. “Nosso trabalho foi ampliar ainda mais a vocação do modelo para a aplicação pesada e contínua. Suas características de manutenção mais fácil, ágil e barata, vão permitir ao transportador manter o veículo maior tempo em operação e realizar quaisquer reparos da forma mais rápida”, enfatiza o executivo.

O Torino S reflete a ideia da Marcopolo em proporcionar o que os empresários almejam em termos de custo, facilidade de manutenção e redução do tempo parado em garagens para a realização de serviços. Ou seja, é o produto ideal para este momento de necessidade de redução de custos e também de ociosidade do produto.

A praticidade para o operador começa na oferta de configurações. São 24 diferentes configurações para os cinco principais modelos de chassis urbanos vendidos no Brasil, de 11.200 mm até 13.200 mm de comprimento. O novo Torino S será montado inicialmente em chassis Mercedes-Benz OF 1519, OF 1721 e OF 1721 L e os MAN VW 15.190 OD e VW 17.230 OD.

marcopolo_torinos_dianteira

Externamente, o Torino S tem como diferenciais o design limpo e leve, com novos conjuntos ópticos dianteiro e traseiro. O novo vigia traseiro, com cantos menos salientes e arredondados, também dá mais leveza e modernidade ao ônibus. Com lâmpadas totalmente em LED e desenho redondo, os faróis e lanternas têm máxima eficiência luminosa e são facilmente intercambiáveis, reduzindo tempo e custo de manutenção e reparo.

Focando na rapidez e custo de reparação, a nova versão ganhou também saias laterais retas, aro de rodas em borracha e placa do veículo incorporada (não mais no para-choque traseiro), e vidros laterais intercambiáveis em um único tamanho. O veículo conta ainda com espelhos retrovisores mais modernos e eficientes, tomadas de ar de teto com novo formato e sistemas de fixação e vedação de fácil acesso e manuseio para os usuários. O resultado de todo o trabalho de marketing e engenharia da Marcopolo é a redução do tempo do veículo parado para manutenção, com serviços facilitados. Até mesmo os chicotes elétricos foram separados em dianteiro e traseiro, redesenhados e reposicionados, facilitando o acesso e a manutenção.

Mais conforto e espaço

Internamente as mudanças também são significativas. Para o motorista, o posto de condução foi totalmente redesenhado para ampliar conforto, ergonomia e facilitar o acesso aos comandos. Ganhou console mais ergonômico, que proporciona maior espaço para pernas e para a sua movimentação. Também passou a contar com novas saídas de ar no painel, no teto e para as pernas, com ventilação mais forte e eficiente.

O novo posicionamento do condutor reduz o estresse causado ao longo da atividade e possibilita benefícios como a melhor ventilação, fácil acionamento dos controles e menor desgaste físico. Os itens de manutenção e a central elétrica também foram posicionados junto ao condutor para facilitar o seu controle.

O novo painel de instrumentos conta com teclas de comando do tipo IP66 (padrão europeu) e o seu projeto garante maior isolamento e vedação e facilita as operações de limpeza do veículo. Para aumentar o espaço para as pernas do motorista, o defroster foi instalado em novo local, sob o painel. A tampa superior interna frontal do itinerário foi redesenhada e permite o acesso ao equipamento pelo interior do ônibus.

Padronização de componentes

Para tornar mais eficiente a operação dos veículos, a Marcopolo dedicou, no novo projeto, especial atenção à padronização de componentes. Com isto, conseguiu diminuir a necessidade de itens de reparo em estoque nas garagens.

Vidros laterais intercambiáveis, saias laterais retas, faróis redondos com lâmpadas de LED e as opções de chassis são alguns exemplos adotados para reduzir o tempo de entrega do carro. Segundo Luciano Resner, pelo novo conceito, a fabricante estabeleceu alguns projetos de veículos que vão diminuir o tempo de produção. “Analisamos os hábitos de compra dos principais clientes brasileiros e buscamos a padronização de componentes e opcionais, reduzindo em muito o tempo para fornecimento do produto. Este é, neste momento, um importante diferencial, pois faz com que o cliente coloque o novo veículo em operação mais cedo”, explica.

A padronização de componentes também possibilita a facilitação da manutenção e maior comodidade para os passageiros. A empresa desenvolveu uma nova tampa superior para acesso ao sistema de abertura das portas. Em ABS, em vez de fibra de vidro, permite acesso mais rápido, amplia sua vida útil e diminui possíveis ruídos decorrentes de vibrações geradas pelas irregularidades das ruas e avenidas, além de colaborar com o meio ambiente O sistema de abertura e fechamento das portas conta com nova estrutura e bandeja que ampliam a vida útil dos pistões de acionamento.

Novo sistema de limpador de para-brisa

A visibilidade é item crítico no trânsito urbano, ainda mais em dias de chuva. Para garantir a perfeita visão do motorista e a segurança dos passageiros, a Marcopolo desenvolveu um novo sistema de limpador de para-brisa, com melhor funcionamento e limpeza da área de visão. Os novos braços proporcionam maior pressão das palhetas sobre o vidro, limpando a área de maneira uniforme e completa.

Produção em linha dedicada

Para mais eficiência e produtividade na fabricação do novo Torino S, a Marcopolo projetou em sua operação em Xerém (Marcopolo Rio) uma linha exclusiva e dedicada, que possui algumas inovações e diferenciais em relação à linha onde são montados os demais modelos Torino.

Segundo Lusuir Grochot, diretor de operações industriais e melhoria contínua, a nova linha foi concebida de acordo com os princípios Lean e contou com a realização de um Kaizen 3P de ajuste da fábrica. “Foram identificadas todas as oportunidades de melhorias e um plano de ação foi gerado exclusivamente. Por ser dedicada à fabricação do modelo Torino S, a linha também recebeu pintura diferenciada na cor cinza claro”, destaca o executivo.

O balanceamento de produção está proposto para até 10 carrocerias por turno em uma única linha de montagem e a produção está pautada em indicadores, estruturados sobre os pilares de segurança, qualidade e produtividade.

marcopolo_torinos_traseira

O Torino S foi projetado para melhor geração de valor para o operador. As linhas de montagem e seus processos são fundamentais na construção de um produto sólido e bem-estruturado para garantir o mais elevado padrão de qualidade, com entrega rápida, e satisfação dos clientes e usuários.

Texto Secco Consultoria de Comunicação
Fotos Douglas de Souza Melo / Júlio Soares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *